Main menu

Skip to content

Dicas para cuidar da sua saúde mental durante a pandemia do coronavírus

Em tempos de pandemia, as mudanças bruscas em nossas rotinas, incertezas e números crescentes de casos geram medo e ansiedade. Muitas pessoas são dominadas pela sensação de impotência diante da situação, que assola famílias em diversos aspectos, como perda de entes queridos, instabilidade financeira, agitação social, desequilíbrio emocional, entre outros. Pensando nisso, reunimos algumas dicas da OPAS/OMS Brasil que podem te auxiliar a lidar com o estresse causado pela pandemia e a ajudar seus familiares e pessoas próximas. Confira abaixo.   

  1. É normal sentir tristeza, estresse, confusão, medo e raiva durante uma crise. Conversar com pessoas que você confia pode ajudar. Contate seus amigos e família;
  1. Não use cigarro, álcool ou outras drogas para lidar com suas emoções. Se você sente que precisa, converse com um profissional. Tenha um plano sobre aonde ir e como conseguir ajuda para saúde física e mental se julgar necessário; 
  1. Atenha-se aos fatos e reúna informações que contribuirão para determinar seus riscos com precisão. Desta forma, você poderá tomar medidas práticas ao planejar como se proteger e proteger quem você ama;
  1. Encontre fontes de informações confiáveis, como  o site da OMS, da OPAS, do Ministério da Saúde ou de secretarias da saúde locais;  
  1. Evite, na medida do possível, ler ou ouvir notícias que te causem ansiedade ou angústia;
  1. Mantenha contato diário com seus avós e parentes idosos, para que estes não se sintam sozinhos; 
  1. Apoie outras pessoas em momentos de dificuldade. Você pode, por exemplo, ligar para seus vizinhos ou pessoas que possam precisar de uma assistência a mais. Uma comunidade unida cria laços solidários para enfrentar a COVIDE-19!; 
  1. Mantenha-se ativo(a) diariamente. É benéfico ao corpo e à mente, especialmente em momentos de estresse como os que estamos enfrentando. Quanto mais atividade você fizer, melhor será o seu sono – e isso também é essencial para uma boa saúde. Além disso, é possível manter o corpo ativo dentro de casa: você pode subir e descer escadas, dançar ou fazer exercícios de alongamento. Busque por mais alternativas na web! 

Como cuidar das crianças 

Durante a pandemia as famílias estão experimentando ficar mais tempo em casa, e além da grande interferência na rotina, quem tem criança enfrenta mais um desafio: como explicar a elas o que está acontecendo e como distraí-las nesse contexto?

  1.  A melhor maneira de explicar a doença é  através de brincadeiras, mas com objetividade. As crianças aprendem melhor brincando, então nada melhor que usar a criatividade para fazê-las entender o que está acontecendo. Nessas horas, o importante é não transmitir medo e nem insegurança; 
  1. As crianças respondem ao estresse de diferentes maneiras: sendo mais grudentas, ansiosas, retraídas, bravas, urinando na cama, etc. Tente manter as crianças próximas dos pais e da família; 
  1. Evite ao máximo separá-las dos cuidadores. Se ocorrer separação (por exemplo, hospitalização), garanta o contato regular por telefone para que elas sintam segurança; 
  1. Sempre que possível, mantenha as rotinas ou ajude a criar novas em um novo ambiente,  incluindo aprendizado, brincadeiras e relaxamento;
  1. Yoga para os pequenos: além de ser uma atividade física que cabe em pequenos espaços, a prática do yoga com os pequenos relaxa e diverte. Envolvendo histórias, músicas, brincadeiras e posturas, a atividade física constrói a consciência corporal nas crianças, além de  ajudar a diminuir a ansiedade.

Profissional da saúde 

O momento é de muita tensão para os profissionais da área da saúde, que enfrentam diretamente os casos de COVID-19.  Por medo de contaminação e estigma, infelizmente é possível que alguns de seus familiares ou conhecidos desejem manter distanciamento físico neste momento. Isso pode fazer  com que a situação se torne ainda mais difícil para você. Contudo, é necessário ressaltar que apenas com a saúde mental equilibrada é possível realizar um bom trabalho, portanto, vale tomar algumas medidas. 

  1. Se possível, mantenha comunicação com seus entes queridos por telefone e outros meios, como internet;
  1. Se estiver se sentindo sob pressão ou com sintomas de estresse, busque o apoio de seus colegas. É normal se sentir sobrecarregado(a) durante este período; 
  1. Evite maneiras equivocadas de lidar com o estresse, como consumo de bebidas alcoólicas, tabaco e outras drogas. A longo prazo, isso piora o seu bem-estar físico e mental. 

Esperamos que estas dicas possam te ajudar a manter o equilíbrio emocional durante estes tempos difíceis! 

Fonte: OPAS Brasil

Postado por Ana Falkine em 5 de junho de 2020