Main menu

Skip to content

Criar conteúdo de boa qualidade, consistentemente, é uma tarefa difícil.

Você precisa criar algo que leia, pareça e venda bem – mas espere, como se costuma dizer nos infomerciais, “isso não é tudo”. Uma grande parte do sucesso de uma página da web a longo prazo também é sobre quais consultas de pesquisa o conteúdo classifica e por quanto tempo, garantindo que você obtenha fluxos de tráfego ideais para o seu site.

O SEO é uma consideração totalmente diferente – os quatro itens essenciais que você precisa cumprir para uma escrita perfeita de SEO são: 

  1. Escolha os tópicos que atraem muitos cliques;
  2. Descubra as palavras-chave necessárias para o mecanismo de pesquisa classificá-lo;
  3. Escreva um conteúdo que esteja de acordo com as práticas recomendadas dos mecanismos de pesquisa;
  4. Atraia links orgânicos interagindo com seu público-alvo e refinando seu processo de publicação.

Há muitos elementos a serem considerados – mas, felizmente, existem ferramentas para ajudar em cada aspecto.

Aqui analisaremos alguns aplicativos para cada um e apresentaremos algumas recomendações adicionais para ajudar, o que o ajudará a melhorar seu processo de SEO de conteúdo.

Vamos começar:

1. Google Trends

Toda a criação de conteúdo começa com uma pergunta: “Sobre o que devo escrever?”.

E, com certeza, você pode apenas improvisar e criar conteúdo atraente para você, que você gostaria de ver online. 

Infelizmente, porém, a maioria de nós não pode confiar na sorte ou no gosto pessoal. O que precisamos saber é que tipos específicos de tópicos e postagens são populares em nosso nicho e que nos ajudarão a nos conectar com nosso público-alvo.

Para dados de pesquisa confiáveis, você não pode errar com os do Google. O Google é o mecanismo de pesquisa dominante no mundo, e basicamente para o que quer que sua empresa faça e onde quer que esteja no seu processo, ter uma classificação alta na Pesquisa do Google continua sendo uma maneira importante de obter tráfego.

Com o Google Trends, você pode ver como o interesse nos tópicos em foco mudou ao longo do tempo, as consultas relacionadas decorrentes deles e até quais locais geográficos são os “hubs de pesquisa” dos tópicos nos quais você está interessado. 

Vantagens:

  1. Os dados vêm diretamente do Google;
  2. Você pode monitorar tendências localmente;
  3. É grátis.

2. Planejador de palavras-chave do Google

A pesquisa de palavras-chave é uma das melhores maneiras de aumentar seu tráfego. Usar as palavras-chave corretas garantirá que os mecanismos de pesquisa sejam capazes de entender o que você está escrevendo e o quão profundo você está abordando seu tópico de escolha. 

Por exemplo, digamos que exista uma página de resultados do mecanismo de pesquisa com o ranking das 10 melhores para a consulta de pesquisa “botas de couro”. A grande maioria das páginas exibidas provavelmente terá “botas de couro femininas” espalhadas por todo o texto, cabeçalhos ou título. Agora, é provável que o mecanismo de pesquisa considere “mulheres” uma parte vital do tópico ao criar uma página sobre “botas de couro”. 

Mesmo que você queira se classificar para “botas de couro”, “mulheres” também precisará ser coberta para obter parte dessa relevância cobiçada. 

Para saber para qual categoria de palavras é necessário classificar uma determinada consulta, é para isso que serve a pesquisa de palavras-chave.

Com o Keyword Planner, você pode inserir várias palavras-chave iniciais e a ferramenta retornará a você uma variedade de sugestões, sinônimos para cobrir e, possivelmente, extensões para o tópico em que você nunca pensou antes. 

O Planejador de palavras-chave, é claro, mostrará o número médio de pesquisas pelas palavras-chave em que você está interessado, mas esse não é o único critério que você precisa observar. 

Use a guia de dados “Histórico” para ver como as estatísticas das palavras-chave foram alteradas ao longo do tempo – e, é claro, use o Google Trends para ver onde e com que intensidade as pessoas pesquisaram / estão pesquisando por elas. 

Vantagens:

  • Novamente, os dados são diretos do Google;
  • Você pode pesquisar até 10 palavras-chave ao mesmo tempo;
  • Existem várias maneiras de filtrar as palavras-chave que você está recebendo;
  • Informações de CPC / PPC;
  • É grátis.

3. WebSite Auditor’s

O WebSite Auditor’s é, como o nome sugere, uma ferramenta para criar e editar seu conteúdo online.

É um aplicativo de processador de texto com recursos de SEO, para que você possa criar e editar páginas da Web enquanto possui várias dicas e truques personalizados de SEO disponíveis.

Ao escrever sua página futura, a ferramenta fornecerá vários alertas de SEO para os quais você deve recorrer, por exemplo, se você estiver usando muitas ou quase o suficiente das palavras-chave de destino (ou palavras em geral), ou se você precisa preencher uma determinada tag ou imagem com texto alternativo – você saberá imediatamente.

Também há acesso rápido às caixas “As pessoas também perguntam” sobre o seu tópico, fornecendo um feed contínuo de maneiras de expandir sua página, enquanto a ferramenta também recomenda automaticamente palavras-chave adicionais que você pode querer cobrir e que ainda não evitou perder. oportunidades.

Vantagens:

  • Conselho de SEO enquanto escreve a página;
  • Lista de concorrentes de maior tráfego sempre à mão;
  • Você pode criar uma nova página do zero ou editar uma página existente;
  • É grátis.

4. Análise de conteúdo em tempo real da Yoast

As chances são de que a maioria das pessoas que está lendo isso esteja familiarizada com o Yoast, já que é o plug-in mais popular do WordPress no mundo e ajuda milhões de pessoas a fazer SEO em tempo real. 

O editor de conteúdo, Real-Time Content Analysis, oferece funcionalidade semelhante ao Website Auditor, mas com um WordPress específico.

Ele também combina as funcionalidades do processador de texto / auditor de SEO sob o mesmo teto – e, graças ao fato de ser um serviço baseado na Web, como todos os plugins de SEO do Yoast, você pode editar sua página a qualquer hora e em qualquer lugar. 

Vantagens:

  • Uma lista de conselhos de SEO bem perto da sua escrita;
  • Um serviço de nuvem, para que você possa escrever sua página em qualquer lugar;
  • É grátis.

5. Buffer

Como todos sabemos, o sucesso do seu conteúdo (incluindo o sucesso do SEO) não para no conteúdo. 

Tanto o SEO quanto o marketing de conteúdo precisam da mesma coisa escorregadia para ter sucesso – o burburinho. E enquanto no marketing de conteúdo estamos falando de curtidas, compartilhamentos e cliques, o que os mecanismos de pesquisa desejam são backlinks orgânicos

Os backlinks atraídos organicamente são uma prova sólida de qualquer algoritmo de classificação de que suas páginas são ótimas, de que as pessoas as apreciam e as acham úteis. As chances de obter uma classificação mais alta aumentam substancialmente graças a isso.

Para obter esses preciosos links orgânicos, é necessário que as pessoas retornem ao seu conteúdo – você precisa inspirar engajamento e compartilhamento imediato. É aqui que o marketing de conteúdo colide com o SEO.

Para gerenciar o burburinho do seu conteúdo, você precisará de uma ferramenta como o Buffer, tanto para coordenar o processo de publicação do seu ciclo de conteúdo quanto para analisar os dados de mídia social para obter um nível mais alto de envolvimento com seu público. 

No painel do Buffer, você pode ver exatamente que tipo de alcance você obtém ao publicar novo conteúdo e que tipo de público está respondendo. Armado com esse tipo de conhecimento, você poderá melhorar mais facilmente a disseminação do seu conteúdo – e, finalmente, sua posição como uma página relevante e útil que os mecanismos de pesquisa desejam classificar mais alto.

Vantagens:

  • Gerencie sua estratégia de conteúdo em todas as plataformas de mídia social;
  • Recursos de análise incluídos para melhorar seu alcance;
  • Teste gratuito disponível.

Conclusão

As atividades de marketing de conteúdo e SEO têm sempre que andar de mãos dadas para que realmente aumentemos nossos rankings de SEO e, consequentemente, o tráfego que vemos.

Atualmente, a maioria das pessoas usa a pesquisa para encontrar tudo, e aproveitar a oportunidade oferecida pelos gigantes da pesquisa é a chave para o sucesso contínuo. 

Atrair clientes pode ser um desafio para muitas empresas. Pensando nisso, publicamos aqui 8 dicas para te ajudar a impulsionar o seu negócio e atrair mais o seu público-alvo.

1. Marketing digital

O marketing digital é o conjunto de ações que uma empresa ou loja executa no meio online, com o objetivo de atrair novos clientes, estabelecer relacionamento e fortalecer a identidade da marca. Dentre as estratégias estão o Inbound Marketing e o Marketing de Conteúdo.

De forma resumida, o Inbound Marketing é uma estratégia de atração. Com ela, o objetivo é ser encontrado pelos potenciais consumidores. A empresa busca entender as necessidades dos clientes e estabelecer um canal de comunicação entre eles.

Já o Marketing de Conteúdo está relacionado ao posicionamento de marca, contribuindo para que ela seja encontrada no momento ideal pelos consumidores. Ele inclui a produção de conteúdos com informações valiosas, que buscam responder às dúvidas das pessoas, e assim atrair os clientes. 

Quanto mais variados forem os canais de divulgação destes materiais, maior a possibilidade de que eles encontrem o público-alvo. Aqui estão algumas algumas opções para produção de conteúdo:

Blog

O blog é uma das estratégias mais importantes do marketing. Ele é eficiente na atração e fidelização dos clientes e não requer grandes investimentos financeiros, pois pode ser implementado praticamente sem custos.

A produção de conteúdo de qualidade, que ajude a tirar as dúvidas dos consumidores, é a principal função do blog. Portanto, localizados nos resultados de ferramentas de buscas, os textos e posts precisam ajudar a sanar os problemas dos consumidores. Quanto mais efetivos eles forem, maior será o agradecimento e reconhecimento do público.

Site

Um site é uma boa maneira para que as pessoas conheçam o seu negócio. É normal que os interessados por um determinado produto pesquisem na internet as opções de compra, por isso, é interessante que eles encontrem o site da sua loja.

Ele precisa ter as informações básicas do seu negócio, como nome, endereço, produtos que são vendidos e contato. O site não é necessariamente um e-commerce, sobre o qual falaremos mais à frente, mas é uma forma de posicionar a sua loja nos mecanismos de busca.

E-mail Marketing

Algumas pessoas não acreditam na força do e-mail nas estratégias de marketing. Porém, quando ele contém informações relevantes e não apenas propagandas, consegue atrair potenciais consumidores de forma eficiente.

Crie conteúdos interessantes, como artigos, e-books e encaminhe essas informações por e-mail para pessoas que compartilharam o endereço eletrônico com a sua loja. Lembre-se de que a prática de comprar listas prontas de e-mails não é produtiva, já que eles chegarão para qualquer tipo de pessoa, sendo que a maioria não estará interessada nos seus produtos.

Quando os e-mails chegam para pessoas interessadas ou para clientes da loja, eles são uma forma de manter o relacionamento e a comunicação, estreitando os laços e aumentando e engajamento. 

2. Redes Sociais

As redes sociais são fundamentais para o relacionamento com o público. Grande parte da população brasileira está ativa neste ambiente, portanto, ignorar esse número de usuários não é uma estratégia recomendável. É mais fácil encontrar as pessoas onde elas estão do que levá-las para outro local.

Tão importante quanto estar nas redes sociais, é descobrir onde estão os potenciais clientes da sua loja. Não adianta investir em todas as redes, sendo que os consumidores podem não estar em todas elas.

Para evitar isso, é necessário fazer um estudo do público e entender quais são as redes com maior presença de interessados, focando suas estratégias nelas. É provável que você precise investir em mais de uma, mas talvez não seja necessário estar em todas.

O conteúdo das publicações e posts não deve conter apenas propaganda e publicidade do seu negócio. Assim como no blog, o compartilhamento de informações relevantes é eficiente para aumentar o engajamento nas postagens e o número de seguidores.

As redes sociais são uma forma de posicionamento online e devem ser úteis também para as estratégias de marketing digital. O constante monitoramento dos resultados contribui para entender que tipo de assunto interessa mais os clientes e quais conteúdos geram vendas.

3. E-commerce

A adoção de uma loja virtual pode ser uma dúvida para alguns segmentos de negócio nos quais as vendas físicas são o método tradicional. A implantação de um e-commerce, porém, não significa a extinção da loja física, sendo  apenas uma opção a mais para os clientes.

Uma das vantagens claras deste investimento é a expansão do público. A internet permite que a loja seja encontrada por clientes que não a conheceriam fora da rede. Além disso, facilita as compras para quem não tem tempo de ir até o espaço físico conhecer os produtos. 

Outro benefício das vendas online é o maior conhecimento sobre o público. Com os dados gerados pelos acessos e vendas, é possível entender o que os clientes estão procurando e trabalhar para oferecer os produtos mais buscados. 

As redes sociais e demais estratégias de marketing digital podem ser um bom atalho para melhorar a conversão para o e-commerce. Os conteúdos postados ajudam a direcionar os clientes para a loja virtual com mais frequência. Além disso, os posts contribuem para a educação do público, que chega até a página de compra mais convencido do que se chegasse de forma aleatória.

4. Divulgação em mídia tradicional

O investimento na mídia tradicional ainda funciona para a atração de clientes. Os anúncios em rádios, jornais, revistas e televisão atingem um bom número de pessoas, mas precisam ser estudados para que alcancem o público certo.

É bom  descobrir quais mídias são mais consumidas pelos potenciais clientes e direcionar os gastos para elas. Os custos nessa área costumam ser bem mais altos do que no ambiente online, por isso, quanto melhor for o planejamento, menor a possibilidade de investir de maneira errada.

5. Eventos

Fazer ou participar de eventos relacionados ao seu ramo é uma boa maneira de divulgar a sua marca. Neles, as pessoas aumentam o relacionamento com as marcas e passam a conhecer a sua loja.

É possível criar eventos, abertos ou fechado, que ajudam na atração de parceiros e novos clientes. Com eles, você pode educar a clientela e demonstrar as vantagens da sua loja, como produtos de qualidade e o bom atendimento.

Mesmo que você não seja o promotor do evento, acostume-se a participar dos mais importantes no seu ramo. Além da exposição da sua loja, você pode encontrar parceiros para os negócios e aumentar o networking.

6. Parcerias

Encontrar parcerias para aumentar a força de atração de clientes pode ser uma forma interessante de fazer crescer o público do seu negócio. Este tipo de relação é muito útil para elevar a exposição dos dois parceiros.

A parceria pode ser firmada de modo online, com trocas de conteúdo com outros blogs ou com a divulgação em uma rede social feita por um influenciador. São ações que ajudam a aumentar o alcance da marca em locais diferentes e que não pertençam a loja, dando mais autoridade e prestígio.

Além do ambiente online, é possível encontrar parcerias em outras lojas físicas. Podem ser negócios que ofereçam produtos ou serviços relacionados ao ramo do seu negócio, sendo que um pode complementar o outro.

7. Promoções 

Quem não gosta de comprar produtos por preços mais acessíveis? É por isso que o oferecimento de promoções é muito eficiente para atrair novos clientes e fidelizar os costumeiros.

Os canais de divulgação devem ser usados para sinalizar as promoções, como as redes sociais, mídia tradicional e outras opções. Ao divulgar nestes locais, o alcance aumenta e a probabilidade de encontrar novos compradores também.

Uma possibilidade é pedir que, para participar, o usuário marque outros amigos em postagens da sua loja nas redes sociais, atingindo um número maior de pessoas. Outra maneira é solicitar que o anúncio seja compartilhado, o que também aumenta a exposição do negócio.

As promoções também contribuem para a fidelização dos clientes, aumentando a possibilidade de eles efetuarem novas compras na sua loja. Se satisfeitos, eles também podem fazer propaganda do seu negócio de forma espontânea, trazendo mais resultados.

8. Datas especiais e comemorativas

Datas especiais e comemorativas também podem ser exploradas para a atração de novos clientes. Podem ser produzidos posts nas redes sociais sobre o natal, carnaval, dia dos pais ou qualquer outra data. Eles ajudam a criar relacionamento com o público e podem mostrar vantagens de compras durantes períodos especiais.

Oferecer conteúdo útil relacionado ao momento é interessante. Pode-se usar o inverno como uma opção para anunciar produtos da loja que ajudem a manter a casa mais aquecida, por exemplo.

O marketing de mídia social  nunca permanece o mesmo – plataformas adicionam novos recursos, e desenvolvedores engenhosos continuam vindo com ferramentas inovadoras.

Dessa forma, os profissionais de marketing nunca podem confiar em um conjunto estático de táticas. Os profissionais de marketing não podem permanecer estagnados, nem por um ano – sem experimentar constantemente, testar novas plataformas, novas ferramentas, ou sem experimentar maneiras novas e aprimoradas de atrair a atenção de seus seguidores, em breve você será esquecido.

Com isso em mente, aqui estão alguns dos melhores aplicativos para o marketing do Instagram, que podem ajudar a adicionar algo novo aos seus esforços na plataforma.

1. Pixaloop: anime suas fotos

Pixaloop é um aplicativo de animação de fotos que promete “dar vida às suas fotos”. É uma boa ferramenta para diversificar seu feed do Instagram e envolver mais seus seguidores – e pode, de fato, adicionar um fator “uau” ao seu marketing social.

A principal característica é que ele permite animar seções de suas imagens.     

O aplicativo gratuito vem com alguns recursos fundamentais para animação de imagens, incluindo:

  1. Designar uma área para animar;
  2. Congelar o que quiser permanecer imóvel;
  3. Configurar a direção e a velocidade da animação.

Existem muitos recursos interessantes para brincar, incluindo a adição de objetos animados, sobreposição de objetos em movimento (como estrelas e bolhas), movimento 3D, etc.

O plano pago custa cerca de US $ 1 por mês (se você pagar por um ano) e vem com mais filtros, além da capacidade de exportar sua criação para um GIF animado (o que é bastante impressionante se você deseja redirecionar suas criações para outros canais ou mesmo o conteúdo do site).

2. Later: programe suas atualizações e histórias do Instagram

Para ter sucesso com o Instagram Stories, você precisa publicar novos conteúdos de forma consistente. Mas se você não tem uma equipe dedicada trabalhando no seu fluxo do Instagram, isso pode ser difícil de fazer.

Então, como você pode manter a consistência, sem precisar estar constantemente online?

As histórias do Instagram podem ser escaladas através do agendamento, mas poucas ferramentas oferecem a flexibilidade de agendar uma semana ou até um mês de conteúdo com antecedência.

Later é uma plataforma profissional do Instagram que permite às marcas agendar atualizações e histórias do Instagram. 

Ela oferece algumas opções muito legais, permitindo que você:

  1. Use a ferramenta de storyboard para planejar visualmente suas histórias;
  2. Adicione links e / ou legendas às suas histórias agendadas;
  3. Acompanhe até três meses de dados e obtenha análises detalhadas sobre taxa de conclusão, engajamento, impressões e cliques.

Vale a pena notar que você ainda precisa aprovar manualmente cada história quando chegar a hora de ela ser publicada (como a API do Instagram não permite a publicação automática), mas é um processo de um clique e relativamente fácil.

3. Linktr.ee: Crie sua página de destino do Instagram

O único lugar em que você pode adicionar um link clicável no seu perfil do Instagram é na sua biografia, o que geralmente não é suficiente para marcas que desejam criar sua presença nos negócios e direcionar o tráfego de volta para seus sites próprios.

É aí que entra o Linktr.ee . O Linktr.ee permite criar uma página de destino prática na qual é possível listar todos os seus CTAs e links, para ajudar a guiar seus seguidores do Instagram para outros canais e páginas da web relevantes.

Basicamente, é uma versão moderna do About.me. Se você se inscrever no plano pago, também poderá adicionar mídia e gráficos para acompanhar seus links.

4. Unfold: ​​use modelos modernos para suas histórias

As histórias do Instagram são altamente envolventes e podem ajudar a manter sua marca em mente com seus seguidores, o que é de importância crucial. Se você possui mais de 10.000 seguidores, também pode adicionar links externos às suas Histórias do Instagram, que podem ser os principais fatores de tráfego e conversão.

Mas com todas as outras marcas agora publicando suas próprias histórias, está ficando mais difícil se destacar.

O Unfold oferece uma variedade de modelos de histórias do Instagram modernos e memoráveis ​​que podem ajudá-lo a marcar e diversificar o conteúdo de suas histórias.

Ele atualiza regularmente suas coleções, oferecendo temas com base em tópicos sazonais ou de tendências.

5. Finteza: crie um funil de vendas eficaz direcionado ao Instagram

O Finteza é uma plataforma de análise da web que se concentra no monitoramento e análise de conversão. O bom do Finteza é que é muito fácil de configurar e usar – não há necessidade de treinamento adicional para descobrir ou configurar o acompanhamento de conversões.

Tudo o que você precisa é:

  1. Adicionar um código de rastreamento (esta parte é semelhante à instalação de qualquer rastreamento de análise da web);
  2. Usar o plugin WordPress da Finteza para marcar todos os links como “eventos”;
  3. Faça login regularmente para monitorar suas análises.

Usando seus eventos, o Finteza ainda cria funis automáticos para você analisar. Você também pode adicionar seus próprios funis.

O Finteza também é uma excelente solução de análise de tráfego do Instagram:

  1. Localize “Instagram” acessando “Fontes” -> “Social” e clique no link para ver mais detalhes;
  2. Vá para “Funis” para ver o desempenho do seu tráfego no Instagram.

O relatório será limitado ao tráfego “Instagram”, para que você possa analisar seu desempenho:

Você pode limitar ainda mais o seu relatório a uma página de destino (por exemplo, analisar o tráfego proveniente da sua história).

Conclusão

Felizmente, essas ferramentas do Instagram ajudarão você a descobrir novas táticas de marketing no Instagram e a gerar novos resultados.

Em tempos de pandemia, as mudanças bruscas em nossas rotinas, incertezas e números crescentes de casos geram medo e ansiedade. Muitas pessoas são dominadas pela sensação de impotência diante da situação, que assola famílias em diversos aspectos, como perda de entes queridos, instabilidade financeira, agitação social, desequilíbrio emocional, entre outros. Pensando nisso, reunimos algumas dicas da OPAS/OMS Brasil que podem te auxiliar a lidar com o estresse causado pela pandemia e a ajudar seus familiares e pessoas próximas. Confira abaixo.   

  1. É normal sentir tristeza, estresse, confusão, medo e raiva durante uma crise. Conversar com pessoas que você confia pode ajudar. Contate seus amigos e família;
  1. Não use cigarro, álcool ou outras drogas para lidar com suas emoções. Se você sente que precisa, converse com um profissional. Tenha um plano sobre aonde ir e como conseguir ajuda para saúde física e mental se julgar necessário; 
  1. Atenha-se aos fatos e reúna informações que contribuirão para determinar seus riscos com precisão. Desta forma, você poderá tomar medidas práticas ao planejar como se proteger e proteger quem você ama;
  1. Encontre fontes de informações confiáveis, como  o site da OMS, da OPAS, do Ministério da Saúde ou de secretarias da saúde locais;  
  1. Evite, na medida do possível, ler ou ouvir notícias que te causem ansiedade ou angústia;
  1. Mantenha contato diário com seus avós e parentes idosos, para que estes não se sintam sozinhos; 
  1. Apoie outras pessoas em momentos de dificuldade. Você pode, por exemplo, ligar para seus vizinhos ou pessoas que possam precisar de uma assistência a mais. Uma comunidade unida cria laços solidários para enfrentar a COVIDE-19!; 
  1. Mantenha-se ativo(a) diariamente. É benéfico ao corpo e à mente, especialmente em momentos de estresse como os que estamos enfrentando. Quanto mais atividade você fizer, melhor será o seu sono – e isso também é essencial para uma boa saúde. Além disso, é possível manter o corpo ativo dentro de casa: você pode subir e descer escadas, dançar ou fazer exercícios de alongamento. Busque por mais alternativas na web! 

Como cuidar das crianças 

Durante a pandemia as famílias estão experimentando ficar mais tempo em casa, e além da grande interferência na rotina, quem tem criança enfrenta mais um desafio: como explicar a elas o que está acontecendo e como distraí-las nesse contexto?

  1.  A melhor maneira de explicar a doença é  através de brincadeiras, mas com objetividade. As crianças aprendem melhor brincando, então nada melhor que usar a criatividade para fazê-las entender o que está acontecendo. Nessas horas, o importante é não transmitir medo e nem insegurança; 
  1. As crianças respondem ao estresse de diferentes maneiras: sendo mais grudentas, ansiosas, retraídas, bravas, urinando na cama, etc. Tente manter as crianças próximas dos pais e da família; 
  1. Evite ao máximo separá-las dos cuidadores. Se ocorrer separação (por exemplo, hospitalização), garanta o contato regular por telefone para que elas sintam segurança; 
  1. Sempre que possível, mantenha as rotinas ou ajude a criar novas em um novo ambiente,  incluindo aprendizado, brincadeiras e relaxamento;
  1. Yoga para os pequenos: além de ser uma atividade física que cabe em pequenos espaços, a prática do yoga com os pequenos relaxa e diverte. Envolvendo histórias, músicas, brincadeiras e posturas, a atividade física constrói a consciência corporal nas crianças, além de  ajudar a diminuir a ansiedade.

Profissional da saúde 

O momento é de muita tensão para os profissionais da área da saúde, que enfrentam diretamente os casos de COVID-19.  Por medo de contaminação e estigma, infelizmente é possível que alguns de seus familiares ou conhecidos desejem manter distanciamento físico neste momento. Isso pode fazer  com que a situação se torne ainda mais difícil para você. Contudo, é necessário ressaltar que apenas com a saúde mental equilibrada é possível realizar um bom trabalho, portanto, vale tomar algumas medidas. 

  1. Se possível, mantenha comunicação com seus entes queridos por telefone e outros meios, como internet;
  1. Se estiver se sentindo sob pressão ou com sintomas de estresse, busque o apoio de seus colegas. É normal se sentir sobrecarregado(a) durante este período; 
  1. Evite maneiras equivocadas de lidar com o estresse, como consumo de bebidas alcoólicas, tabaco e outras drogas. A longo prazo, isso piora o seu bem-estar físico e mental. 

Esperamos que estas dicas possam te ajudar a manter o equilíbrio emocional durante estes tempos difíceis! 

Muitas mudanças estão acontecendo na rotina de vida da população mundial devido ao isolamento necessário em meio à pandemia de coronavírus, e uma delas é adoção do home office como modelo de trabalho provisório. Contudo, trabalhar em casa não é uma realidade conhecida por muitas pessoas, o que pode atrapalhar o rendimento de quem precisa se adaptar a esse novo modelo. Pensando nisso, preparamos algumas dicas que vão te ajudar a se organizar para que seu trabalho seja mais produtivo!

1) Crie o seu local de trabalho

Escolha um cômodo da sua casa e lá disponha de tudo que será necessário para realizar seu trabalho. Dê preferência a lugares que sejam bem iluminados, arejados e silenciosos. É preciso que você mantenha a organização do ambiente, e decorá-lo como você faria em seu local de trabalho é uma boa opção para ajudar a se concentrar.

 

2) Siga à risca sua jornada de trabalho

É importante começar a trabalhar no mesmo horário que você começaria no seu escritório, afinal, você não chegaria atrasado não é mesmo?! Da mesma forma, quando a jornada de trabalho terminar, encerre seu expediente. Caso surja algum problema, resolva no próximo dia.

 

3) Faça um checklist com suas tarefas diárias

Listar tudo que você precisa fazer durante aquele dia de trabalho ajuda a distribuir seu tempo de forma mais eficiente, e a não deixar que algo não seja feito.

 

4) Evite distrações

É difícil manter o foco trabalhando em casa, portanto peça para sua família se responsabilizar por possíveis distrações como telefonemas, correspondências ou até mesmo a preparação de refeições.

 

5) Mantenha a comunicação

Mantenha constantemente o contato com seus chefes, funcionários, sócios e até mesmo colegas de trabalho, dando preferência às ligações ou vídeo-conferências. Além de ajudar a ter mais contato humano, dessa forma seu trabalho fluirá melhor e você poderá mostrar a todos que segue cumprindo suas atividades.

 

6) Faça pausas

Faça pequenas pausas entre suas tarefas. Assim é possível diminuir o stress e a ansiedade, dando espaço à produtividade.

Esperamos que nossas dicas te auxiliem a se adaptar ao trabalho em casa e aumentar seu foco e rendimento. Aproveite o início do mês para se organizar, mantendo a produtividade estabilidade do seu trabalho!